quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Deus

 

Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz!

 

Deus nos abençoa todos os dias, entretanto, preocupados em sermos atendidos naquilo que nos parece urgente, não notamos a Sua ação.

Enquanto nossa visão se prende a um ponto, Ele cuida do todo.

Enquanto desejamos vida confortável Ele nos oferece Eternidade!
 
 
E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito.
Porque os que dantes conheceu também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.
Romanos 8: 28,29

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Sensibilidade - Poesia


Sensibilidade
(Janete Maia)

A sensibilidade pode ser medida, pode ser vista, sentida no toque e no paladar... pode ser a  fala ou qualquer som... pode ser minha dor e tua satisfação... ela pode ser vivida aos goles ou saboreada em doses e pode ser asas  ou correntes... pode ser provocativa e serena... pode ser contida, aprisionada, censurada... pode ser livre e libertária... também pode ser anseio de tudo que não se pode ter e do que não podemos ser... pode ser tudo que contém e que está ausente em nós... pode ser a intersecção da vida real com a ilusão...
ela pode ser o ponto exato da incerteza...
pode ser e pode não ser...
eis a questão...

sábado, 27 de outubro de 2012

A Cadela Toca

Deus está no controle

 Ele está no controle de todas as coisas

 
(Disse também Deus: Produza a terra seres viventes, conforme a sua espécie: animais domésticos,... segundo a sua espécie. E assim se fez.) Gênesis 1:24

 
Esta cadela da foto apareceu em nossa casa há doze anos. Era um bebê. Mas o seu estado era deplorável, pois fora abandonada.

A sarna tinha tomado todo o seu corpinho e poucos pêlos lhes sobraram.  Estava cheia de pulgas, infestada de carrapatos dentro das orelhas e entre suas patas. O seu cheiro era repugnante e seu sofrimento evidente. Cuidamos dela e em pouco tempo, tornou-se nossa companheira prestativa que muito nos alegra e preenche nossas vidas.  

O que eu quero mostrar com esta breve história é que Deus, através da nossa ação, providenciou para ela casa, comida, cura e amor. Assim, fez-me lembrar do está escrito em Mateus 6:26.

“Observai as aves do céu: não semeiam, não colhem, nem ajuntam em celeiros; contudo, vosso Pai celeste as sustenta. Porventura, não valeis vós muito mais do que as aves?”

 E eu repito: Porventura, não valeis vós muito mais do que as aves?

 

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Devaneios - Poesia

Devaneios
(Janete Maia)
Não bastaram as lembranças, queixas e dores do passado
Nem as percepções da realidade presente
Tampouco as expectativas, sobressaltos e mistérios do futuro.
Eu quis mais...
E adormeci... desejando a onisciência
E uma espécie de controle
Que não reprimisse o meu próprio eu
E flutuei em minha mente sem limites, nem cansaço
Não posso ilustrar as sensações
Os sentidos, mistos de realidade e sonho
Mistos de certo e de errado
Todavia sei que eu quis amar e amar
Voar com meus amados entre as nuvens brancas
Pairar sobre a atmosfera
E me congelar entre as estrelas douradas
Pousar no cume do universo sentindo a ausência do tempo
E vendo a existência de tudo que é e estar
Descobrir os prazeres indecifráveis, visíveis e invisíveis
Dizíveis e ocultos do Criador
Para jamais acordar
E então...
Viver feliz...
Sem medo
Sem culpa
Sem lucidez
Sem razão
e
Sem final


domingo, 16 de setembro de 2012

Paraíso - Poesia


Paraíso
(Janete Maia)
 
 
Então...
Deus me deu um novo caminhar
Pôs os meus pés em solo firme
Sobre relva fresca e macia eu passei a andar
 
Meus olhos avistaram prados verdejantes
Andei por campos floridos, montanhas e vales
Bebi água pura das nascentes
 
E o tempo não passava
E a pressa não existia
E a noite não chegava
E o dia se estendia
 
Provei das eternidades
E eterna me sentia
 E sentia perfumes e provava sabores
Conversava com os pássaros e as flores
 
E tudo tinha vida, luz, fragrância e cor
Tudo se harmonizava
Eu nunca dormia
E nunca me cansava

sábado, 15 de setembro de 2012

Sábado - Poesia

 
 
 

Sábado
(Janete Maia)
 
Ah, se todos os sábados fossem assim!
De Calor!
Cores!
Brilho!
Beleza!
 
De sonolência!
Preguiça!
Quietude!
Leveza!
 
Ah, se todos os dias fossem assim...
Encanto...
Paz...
Simplicidade...


sábado, 1 de setembro de 2012

 
Religião: uma visão da Bíblia sobre os animais
(Texto escrito por Aline Parkin, jornalista formada na UFRN )
 
“Que pecado!” Eu já ouvi muita gente dizer isso quando vê um animal sendo maltratado. O que talvez possa parecer apenas uma maneira de falar é, na verdade, uma afirmação corretíssima. Pecado, por definição, é uma ação que não está de acordo com a vontade ou lei moral de Deus e, na sua Palavra, a Bíblia, Ele diz claramente como deseja que os animais sejam tratados: “O justo importa-se com a vida do seu animal doméstico”, diz Provebios 12:10.
Na verdade, o assunto é tão sério do ponto de vista de Deus que, quando determinando as leis que governariam seu povo, Ele incluiu leis que garantiam que os animais seriam bem tratados. Nos tempo bíblicos, jumentos, touros e ovelhas eram os animais mais comuns e por isso algumas dessas leis se aplicavam diretamente a eles: “Não deves ver o jumento de teu irmão ou seu touro cair na estrada e deliberadamente esquivar-se deles. Deves terminantemente ajudar a levantá-los” declara Deuteronômio 22:4. Similarmente, outra lei em Êxodo 23:4 e 5 ordenava que animais perdidos fossem devolvidos aos seus donos e que animais em perigo fossem ajudados. Até mesmo o descanso sabático incluía os animais: “Seis dias deves fazer teu trabalho; mas no sétimo dia deves parar, para que teu touro e teu jumento descansem”, é o mandamento em Êxodo 23:12.
Além de várias leis de proteção aos animais, a Bíblia contém varias passagens que mostram o cuidado de Deus com os animais. Um relato muito tocante da Bíblia fala de um certo homem que era tão apegado a sua ovelha que “ela crescia com ele e com seus filhos, todos juntos. Comia do seu bocado e bebia do seu copo e deitava-se no seu colo e veio a ser para ele como uma filha” (2 Samuel 12:3). Essa história foi usada na Bíblia como exemplo de uma relação preciosa e que deveria ser preservada. Tenho certeza que muita gente se identifica com esse relato e se sente da mesma forma em relação ao seus animais de estimação, como parte da família.

Jesus, como filho de Deus, também demonstrava compaixão para com os animais. “Quem é o homem entre vós que tendo uma só ovelha e caindo esta numa cova, num sábado, náo a agarra e levanta para fora?” disse ele em Mateus 12:11 como exemplo de algo excelente a ser feito. Em outro relato, Jesus expressou a importância que seu Pai dava mesmo aos animais mais pequenos, ainda que eles tivessem pouco ou nenhum valor financeiro, dizendo “Não se vendem dois pardais por duas moedas de pequeno valor? Contudo, nenhum deles está esquecido diante de Deus” (Lucas 12:6).
Através dessas passagens da Bíblia, pode-se ver clamaramente que Deus não considera os animais como sendo descartáveis ou sem valor. Como cristã e amante dos animais, saber que Deus se importa com eles e espera que nós humanos também nos importemos é uma ideia bastante confortadora, pois me mostra que o amor de Deus se estende a todos, inclusive aos animais (1 Joao 4:8, Genesis 1:25) e me motiva ainda mais a zelar pelo bem estar deles, não apenas por compaixão, mas pelo o que de fato é: um mandamento de Deus e um ato de amor cristão.
 

domingo, 26 de agosto de 2012

Não por Força nem por Violência


 
 
Muitas vezes me sinto sem forças de tanto que me empenho nas lutas procurando realizar o que julgo ser bom, agradável, justo...
Desfaleço, então, quando sou abatida. E me decepciono quando meus sonhos não são realizados.
Porém, Deus está no controle de todas as coisas e quando descanso em suas mãos, Ele me prova que é SENHOR!
 
Zac 4:6 -... Não por força nem por violência, mas sim pelo meu Espírito, diz o Senhor dos Exércitos.


quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Oração


Devo orar pedido ao Senhor que limpe a maldade do meu coração?




 Existe maldade em todos os corações?


Joa 8:44 - Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira.

1Jo 3:10 - Nisto são manifestos os filhos de Deus, e os filhos do diabo. Qualquer que não pratica a justiça, e não ama a seu irmão, não é de Deus.



Portanto, entendo que devo orar pedido ao Senhor para que Ele tire a maldade do meu coração. Devo pedir que o Espírito Santo desperte no meu íntimo o desejo de obedecer a Deus e que incessantemente eu anseie pela prática do Seu amor e da Sua justiça.

segunda-feira, 30 de abril de 2012

Chuva - Poesia

Chuva
(Janete Maia)

Chuva
Êxtase de puros arcanjos
Paz das catedrais celestes
Clamores de cantos cândidos

Chuva
Graça e castigo dos terrenos
Glórias da imortalidade
Bailado dos anjos efêmeros

Chuva
Dormência dos futuros meus
Sonhos silenciosos e eternos
Bálsamo do cálice de Deus

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Manoel Maranata e a Natureza

Eu apoio esta campanha




Manoel Maranata está desenvolvendo uma campanha na cidade de Santa Bárbara do Oeste, interior de São Paulo, em favor da natureza. “Ajude o Planeta a Respirar – Plante 1 Árvore”.

O Sacrifício de Abraão



Quando lemos a passagem do capítulo 22 de Gênesis em que Deus prova Abraão, na maioria das vezes nos atemos somente à pessoa de Abraão que manteve sua fé inabalável no Senhor, mas não nos ocorre que esta prova, também, acrescenta a obediência do seu filho Isaque. Em minha visão, esta prova envolveu duas ações compatíveis ao sacrifício ordenado. Uma por parte de Abraão e outra por parte de Isaque. Interessante observarmos que ambos obedeciam. Um, obedecia ao Pai celestial e o outro, ao pai biológico. Um tinha que agir e o outro simplesmente ser passivo e aceitar, pois os dois estavam envolvidos na mesma situação.

Trazendo esta experiência para minha vida percebo que em algumas circunstâncias tenho que ser como Abraão e em outras, como Isaque. Agindo em algumas e em outras, esperando em obediência. Sei que não é fácil estar em nenhuma das duas, pois desenvolver e manter este estado de fé no Senhor, quando as circunstâncias exigem, mesmo que seja um mínimo de sacrifício, não é simples e na maioria das vezes tendo a esmorecer.

Faço uma advertência de que clamemos ao Senhor para que nossa fé cresça, seja inabalável e que nos momentos de sacrifícios tenhamos sabedoria para agir ou simplesmente esperar, manifestando, assim, o amor que temos que conservar acima de qualquer amor. O amor a Deus.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Minha Decisão Pública


Ontem, dia 15 de fevereiro de 2012, dia de culto de oração, será sempre lembrado como um dia muito especial em minha vida.
Após mais um dia de trabalho, desisti de ir para a faculdade e fui à Igreja Batista Esperança. Sei que foi por obra do Espírito Santo que tem falado ao meu coração há muito tempo. Sei que foi em resposta às orações de muitos.
O desejo de declarar publicamente que aceitei a Jesus Cristo como único e suficiente Salvador da minha vida, foi tornando-se mais intenso e levantei minha mão na hora do apelo feito pelo Pastor Diogo. Naquele momento senti uma sensação de satisfação e alívio. Uma certeza de que tudo no mundo é passageiro, que Cristo voltará um dia e que passarei a eternidade com Ele.
Oro ao Senhor para que meu filho Anderson, minha nora Paula e toda a casa do meu irmão Edmundo conheçam e aceitem a Jesus Cristo, também. Desejo que muito em breve todos eles possam sentir esta paz produzida pela certeza da Salvação.


sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012


“Como quereis que os homens vos façam, assim fazei-o vós também a eles”
 (Lucas 6.31).
 

UMA AVALIAÇÃO HONESTA.
SOMOS CAPAZES DE:
·      Admitir um erro?
·      Seguir instruções?
·      Reconhecer nossas faltas?
·      Fazer mais do que se espera de nós?
·      Aceitar a oposição com calma e bom humor?
·      Receber a crítica sem ressentimento?
·      Perseverar num trabalho até estar terminado?
·      Trabalhar fielmente sem sermos vigiados?
·      Reter o julgamento até ter certeza dos fatos?
·      Resistir à tentação de falarmos impensadamente?
·      Ver as boas qualidades nas pessoas que discordam de nós?
·      Fazermos as tarefas desagradáveis que precisam ser feitas?
·      Usarmos os pertences dos outros com o mesmo cuidado que temos com os nossos?

PROCLAMAMO-NOS DISCÍPULOS DE CRISTO?
É ISSO QUE ELE ESPERA DE NÓS!

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Nossos Direitos

(Recebi este e-mail de uma colega de trabalho)



Brigando pelos nossos Direitos

Seguro Saúde aos 60 - Alerta!!!!




Queridos amigos!

Como sou uma das mais velhas de nossa turma e a maioria entra nos 60 este ano, gostaria de alertá-los para o que aconteceu comigo em novembro último.
Sou assegurada da ... em um plano mais ou menos alto (opções plus) faz mais de 10 anos.
No início de novembro recebi um novo carnê com o valor de minha mensalidade indevidamente reajustado por ter chegado aos 60. O valor que era de R$ 639,00 passou a R$ 1.787,00.
Indignada resolvi entrar na justiça contra a ... Procurei um advogado especialista em pequenas causas e levei meu contrato e carnês para saber como deveria agir.
O meu contrato previa um aumento de 165 % quando eu chegasse aos 60. Porém, meu advogado esclareceu que embora eu tivesse assinado este contrato, existe um "Estatuto do Idoso" que prevalece sobre o contrato, que não permite nenhum aumento depois dos 59 anos.
Tudo que eles poderiam cobrar seria um reajuste de custos anual de acordo com a lei.
Baseado nisso, e sem deixar de pagar as prestações já aumentadas (paguei 2 meses) o advogado entrou com uma petição contra o aumento e pedindo de volta, EM DOBRO, tudo que eu pagasse a mais, além, do que fosse legalmente decidido.
Logo na primeira audiência a ... foi citada para mandar um novo carnê com o valor antigo até a solução do caso.
Finalmente saiu o resultado e eu ganhei a causa. Fui 2 vezes ao Fórum, onde o advogado da ... disse que não haveria acordo e 2 meses depois saiu o veredicto.
Portanto, não aceitem os aumentos passivamente, é um abuso! A devolução em dobro do que paguei, eles estão esperneando para pagar, mas vão acabar tendo de fazê-lo e minha mensalidade passou para R$ 682,00 pelo menos até ao final do ano, quando deve sofrer mais um pequeno reajuste.
Esqueci de dizer que como somos consideradas idosas, temos prioridade na marcação das Não se deixem enganar, nós temos nossos direitos.

Fico imaginando quantas pessoas que por desconhecerem este Estatuto pararam de pagar e abandonaram seus seguros de saúde.



quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Mensagem - Pr. Silas Malafaia

Maravilhosa Palavra de Esperança!


Pr. Silas Malafaia é lider da Igreja Assembléia de Deus no Rio de Janeiro,
graduado em Psicologia e autor de inúmeros lívros.

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Bom seria se todos os dias praticássemos o amor ao próximo!


“Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pelo amor.
Porque toda a lei se cumpre numa só palavra, nesta: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.
Se vós, porém, vos mordeis e devorais uns aos outros, vede não vos consumais também uns aos outros”.
 
Gálatas 5: 13-15


domingo, 8 de janeiro de 2012

Humor - Rir faz bem!


Não por força nem por violência, mas sim pelo meu Espírito, diz o Senhor dos Exércitos (Zac 4:6)

Você Sabia? (6)

A maçonaria

Por Leticia Kindermann
Muito se fala sobre a influência da Maçonaria na fundação e na história dos Estados Unidos. Questiona-se quantos maçons assinaram a Declaração da Independência e a Constituição, quantos foram Presidentes, se o Grande Selo (brasão) e a nota de um dólar contêm elementos maçônicos e se a cidade de Washington foi projetada segundo estes símbolos. Os maçons, quando questionados sobre o assunto, podem tanto negar essa influência como, ao contrário, reconhecê-la. Já que teorias conspiracionistas tendem a atribuir à Maçonaria a intenção de impor uma “nova ordem mundial” e “manipular a opinião pública e o Estado”, agindo debaixo dos bastidores como os templários, os extraterrestres e outros “vilões”, vamos nos ater aos fatos comprovados.
A Maçonaria é uma confraria aberta a homens de todas as religiões. Até recentemente, só aceitava homens como membros. Hoje há lojas abertas também às mulheres, mas de modo geral a organização ainda é uma espécie de clube do Bolinha. A palavra maçon vem do francês e significa “pedreiro”. Como outras sociedades secretas, a Maçonaria desenvolveu-se nos séculos XVI e XVII e tornou-se um pólo de idéias novas na sociedade européia de então, fortemente conservadora, influenciada pela Igreja e pela monarquia absolutista. Algumas dessas idéias eram verdadeiras heresias políticas para a época, como a liberdade de pensamento, a liberdade de expressão religiosa e política e a aversão a qualquer forma de Absolutismo. Entende-se o porque da histórica birra da Igreja com os maçons: até hoje existem sites religiosos que chamam os maçons de “braço direito do Diabo”, “filhos de Lúcifer”... Só não dizem que maçons devoram criancinhas porque essa afirmação já foi usada antes contra os comunistas.
É evidente a influência maçônica na Revolução Francesa e na independência de diversos países, inclusive Estados Unidos e Brasil. Os maçons também foram grandes incentivadores e participantes de movimentos abolicionistas. Nos Estados Unidos, montaram uma rede de fuga de escravos negros para o Canadá. Sem dúvida, há maçons importantes na história dos EUA. Como se trata de uma sociedade em princípio secreta, há muita celeuma sobre quem pertenceu ou não à fraternidade. Estima-se que dos 56 signatários da Declaração da Independência dos Estados Unidos, no mínimo 8 eram maçons notórios, mas há quem afirme que esse número pode chegar a 24. Sobre a Constituição, especula-se que haveria 13 maçons entre os 39 signatários.
Dentre os que comprovadamente pertenceram à ordem maçônica destacam-se Benjamin Franklin e George Washington. Benjamin Franklin (1706-1790) foi um dos primeiros a propor a unificação das colônias, criando uma nação, e um dos fundadores dos Estados Unidos da América. Atuando como diplomata durante a Revolução Americana, ele garantiu a aliança com a França, fato fundamental para a viabilidade da independência. Foi o único dos fundadores que assinou quatro dos mais importantes documentos dos Estados Unidos: o Tratado de Paris, o Tratado de Aliança com a França, a Constituição e a Declaração da Independência, elaborada juntamente com Thomas Jefferson. Franklin publicou em 1730 o primeiro artigo sobre a Maçonaria na América. Quando era embaixador na França, exerceu de 1779 a 1781 o posto de Grão Mestre da loja “Les Neuf Soeurs”, em Paris, a mesma a que pertenceu Voltaire. Em 1787, de volta aos EUA, foi convidado pelo Congresso a participar do comitê de criação do Great Seal, emblema deveria refletir valores e ideais “americanos” para as gerações futuras.
Vem daí a crença de que há símbolos maçônicos inseridos nesse brasão, usado também na nota de um dólar. O selo tem na sua parte anterior uma águia e um escudo com 13 listas (referindo-se aos 13 estados originais), segurando em sua garra esquerda 13 flechas (simbolizando a guerra) e na direita um ramo de oliveira com 13 folhas e 13 frutos (simbolizando a paz). Sobre sua cabeça há um diadema composto por 13 estrelas de 5 pontas, que formam uma estrela de 6 pontas. Há ainda a frase “E pluribus unun” (“Entre muitos, um se destaca”). No verso, há uma pirâmide inacabada composta por 13 degraus e, sobre esta, um triângulo com um olho e os dizeres “Annuit coepts” (“Ele aprova nossos atos”) e “Novos Ordo Seclorum” (“Uma nova ordem dos tempos”).

A pirâmide, o olho e as frases seriam “provas” da influência maçônica, mas muitos maçons afirmam que esses elementos e dizeres não são símbolos de sua fraternidade. O olho é uma convenção artística para a onisciência, um símbolo comumente usado durante a Renascença, e seu uso foi sugerido pelo artista Pierre Eugène Du Simitière, e não por Benjamin Franklin, o único integrante confirmadamente maçon do grupo que criou a imagem. Juntamente com os dizeres, tem a intenção de demonstrar a vontade divina em favor dos Estados Unidos (mas afinal, Deus é americano ou brasileiro?).
Outro maçon de indiscutível importância foi George Washington (1732-1799), Mestre da Loja Alexandria, no Estado da Virgínia. Como líder militar, levou o exército norte-americano à vitória contra a Grã-Bretanha durante a Revolução Americana em 1783. Muitos de seus generais também eram maçons. Em 1787, presidiu a Convenção da Filadélfia que criou a Constituição e tornou-se o primeiro Presidente dos Estados Unidos, governando o país de 1789 a 1797.
Muitos afirmam que a colocação da pedra fundamental do Capitólio teria seguido um cerimonial maçônico e, pasmem, que a própria planta da capital, posteriormente denominada Washington, formaria símbolos maçônicos como o esquadro e o compasso, além de um pentagrama invertido (símbolo considerado “satânico”) em torno da Casa Branca... Enfim, como no caso da nota de um dólar, não se sabe. Símbolos podem ser utilizados com os mais diferentes significados. Fato inegável é que grandes personagens da história dos Estados Unidos da América foram mesmo maçons, e seus ideais certamente influenciaram a formação do país. Mas não vamos exagerar!
Fonte:


Todos os presidentes dos Estados Unidos eram Protestantes
com exceção de John Kennedy

27 - William Taft (Unitário)

28 - Woodrow Wilson (Presbiteriano)

29 - Warren Harding (Batista)

30 - Calvin Coolidge (Congregacionalista)

31 - Herbert Hoover (Quaker)

Visitantes